domingo, 27 de novembro de 2011

Um Momento de adoração e Louvor, para nos mantermos firmes no caminho

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Errar é Humano?

Eu queria ser mais forte do que minhas palavras, queria que minha alma cristã fosse mais presente que minha consciencia humana.

Eu narrei minha vida como sendo uma sequencia de aproximação e afastamento de Deus e o quanto isso interferiu diretamente em meus sucessos e fracassos.

Mas a mente humana, parece não guardar certos ensinamentos, pois bem minha vida estava novamente toda nos eixos, parecia tudo perfeito, mas como de outras vezes fui me afastando de Deus, reduzi as visitas aos cultos, parei de postar e divulgar o Blog, já não dobrava os joelhos em oração antes de dormir.

E eu sentia na minha alma que mais uma vez eu estava caminhando para o precipicio e mesmo assim permaneci em sua direção e agora meu casamento acabou novamente...

Ja peço a Deus que me de forças e me ampare, pois sei que ao tempo dele ele me ouvirá e jamais irá desamparar um filho que lhe roga auxilio.

Doming estarei no culto orando e comungando minha fé e que Deus abençoe a todos nós.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Oportunidades de Agradar a Deus Continuação

Pois bem entramos na casa e fiquei impressionado com tudo, conheci os demais participantes, foi uma alegria  ouve um brinde com champanghe ao qual fingi ter tomado pois nao bebo álcool.

Apos instalados começou a tradicional roda de apresentação, adorei a todos em Especial Roger Chedid um cara de uma Luz especial também cristao, e o Sandro um garoto cheio de energia e bondade, um coração puro como poucos.

No Inicio fiquei meio confuso e perdido no meio de tantas cameras, microfones, sentia falta do meu celular do computador e de dirigir, mas havia em compensação, piscina, Ofuro, hidromassagem, festas muito legais, passeios de Limousine por São Paulo, passeio de Carruagem pelo centro histórico da Cidade.


Tudo era deslumbrante, mas eu era um estranho no ninho, inclusive uma garota um dia me disse que eu era muito normal para estar la. E ela estava certa todos la tinham alguma ligação ou aspiração artística, mas eu me inscrevi realmente para encontrar alguem.


Depois de uma semana na casa, comecei a ficar retraido e me isolei um pouco, e foi ao ar um momento muito intimo meu com Deus onde eu chorava e orava a Deus, com a Bíblia em punho. Eu clamava a Deus por entendimento e declarava que aquele nao era meu lugar, estava desorientado.













Dali em diante passei a participar ativamente das festas, e em uma festa a fantasia, acabei bebendo uns coqueteis, derrubei muita coisa no chao me atrapalhando bêbado e com a capa de vampiro de minha fantasia.

Vexame total, ainda acabei beijando a noiva de outro participante, e mesmo assim sai de la sozinho, mas fiquei com fama de cupido pois tentei juntar os casais na casa e na reta final consegui me resguardar, orando e sendo eu mesmo.

Recebi elogios do Silvio Santos pela conduta etica, mas o que mais me emocionou, quando esperava para ser levado ao Aeroporto uma senhora se aproximou de mim e disse que tinha sido um orgulho ela ter lavado e passado minhas roupas e que ela orou muito por mim, para que me mantivesse firme na fe.

Voltei para Floripa e nada na minha vida havia mudado, mesmo trabalho com o deputado, muita coisa atrasada para colocar em dia, voltei a rotina , tirando algumas pessoas que me reconheciam na rua e que foi legal, mas logo esqueceriam.

Voltei a viajar com o Deputado mas apos algumas pessoas elogiarem minha participação no programa e dizerem que eu ficava melhor de cavanhaque, ou outro elogio qualquer, o deputado que era muito vaidoso, me cortou das viagens me deixando fixo no gabinete.

depois me sugeriu que tirasse o cavanhaque pois era coisa de gay e nao ficava bem para um assessor Político, tirei o cavanhaque mas nossa relação profissional ja nao era mais a mesma e apos um pedido que julguei anti ético pedi exoneração do gabinete.
                                    

Dessa vez sai tranqüilo pois sabia que Deus nao iria me desamparar, pois estava fazendo o certo, sem pensar nas nas conseqüências.

Fazer o Bem Sempre, Seguir os Mandamentos de Deus essa a Chave do Sucesso.
                                        
Abençoados os Puros de Coração pois deles sera o Reino dos Ceus!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Oportunidades de Agradar a Deus


Retrocedendo um pouco, quando trabalhei como assessor político do Deputado, passei a viajar muito e já não tinha mais tempo para ir a Igreja e tinha a cabeça voltada para política. Vivia dia e noite buscando o crescimento eleitoral deste deputado, já nem orava mais.

Estava já alguns meses sozinho sem uma companheira, e acabei envolvido por uma linda e misteriosa mulher, que me mostrou a luxúria e devassidão humana, ela não queria compromisso e nem cobranças, deixava claro que só queria me usar, mais tarde acabei descobrindo que era professora, casada e mãe de 2 crianças e que tinha um marido carinhoso que dava de tudo para família.

Nessa época acabei conhecendo uma jovem filha de um Presbitério da Igreja Assembléia de Deus, ela era jovem e bonita, louvava na igreja parecia que tinha encontrado a mulher que Deus tinha preparado para mim.

Mas ela era noiva, e depois de um tempo, acabou dizendo que tinha terminado o noivado e nos envolvemos, mas na verdade ela queria, que eu fosse o outro.

Saia de casa de saia comprida e uma camisa, quando entrava no carro encurtava a saia dava um n[o na camisa para ficar de barriga de fora, terminei o namoro e fiquei mais um tempo sozinho.

Uma certa noite, estava navegando na Internet deprimido e solitário quando vi um anuncio de inscrição para um reality show do SBT, o nome do programa era Casamento a Moda Antiga, acabei me inscrevendo, sem muita confiança de ser chamado pois sempre achei que esse tipo de programa fosse sempre armação.

Um mês depois recebi uma ligação me perguntando se eu poderia viajar para São Paulo para uma serie de entrevistas e selecao para o programa. Aceitei e e eles me mandaram as passagens aéreas, fui no dia seguinte, conheci alguns dos meus concorrentes, as regras do programa.

Já chegada conheci o Marcos, que de cara passei a imaginar que eu não tinha chance, ele fazia o tipo modelo gala de novela das 8, ficamos amigos e ele me disse que achava que eu tinha mais chance por fazer o tipo executivo.

Três semanas depois fomos chamados 5 finalistas para viajarmos novamente para o SBT e participarmos do programa que selecionaria um de nos para entrar na casa com a noiva e ficarmos 1 mês confinado, no mesmo local da Casa dos Artistas.


Ficamos no palco respondendo perguntas do Silvio Santos e de parentes da noiva, após a primeira rodada de perguntas a família eliminou um dos 5.
Quando o 2 eliminado foi o Marcos que de longe era o cara que todas mulher sonhava em ter do lado, tive plena certeza de que eu seria o  próximo.

Mas para minha surpresa fui poupado indo com outro participante, para a votação do publico, enquanto aguardava no camarim orei e disse que seja feita sua vontade.


Não acreditei quando voltamos ao palco e vi no telão a votação de quase 63% que obtive da platéia, demorou alguns minutos para cair a ficha de que eu estava entrando em um Reality Show.


Silvio Santos nos conduziu ate a entrada da casa!



Era Perfeito eu estaria em cadeia Nacional em um programa de TV por 30 dias e poderia pregar a palavra de Deus, podíamos levar um livro e eu levei minha Bíblia.

Boa Noite Abençoados, amanha termino essa capitulo de minha historia.

domingo, 27 de março de 2011

A Benção de Deus não tem prazo de validade

Meus Queridos amigos , fiquei alguns dias ausentes por estar sem acesso a internet, mas tenho que relatar o que aconteceu nestes ultimos dias.

Há alguns meses atras tinha uma duvida, sobre ficar em Joinville ou "Descer" para Florianópolis (capital do e sede do governo do Estado), pois tinha um proposta de financeira muito alta, mas que poderia ser arriscada. Fui então para igreja orar e lá um pregador me deu a seguinte mensagem :

Sobrevindo fome à terra, além da primeira havida nos dias de Abrãao, foi Isaque a Gerar, avistar-se com Abimeleque, rei dos filisteus. Apareceu-lhe o Senhor e disse: Não desças ao Egito, fica na terra que eu te disser ; habita nela, e serei contigo e te abençoarei; porque a ti e a tua descendência darei todas estas terras e confirmarei o juramento que fiz a Abrãao, teu pai. Multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e lhes darei todas estas terras.Na tua descendência serão abençoadas todas as nações da terra, porque Abraão obedeceu à minha Palavra e guardou os meus mandados, os meus preceitos, os meus estatutos e as minhas leis. Isaque, pois ficou em Gerar.? (Gen 6:1-6)



Não ouvi a mensagem e decidi me arriscar e desci para Florianópolis, resultado após alguns meses a pessoa que havia me feito a proposta desistiu de tudo , não me pagando o combinado, fiquei desempregado e em total depressão, afundei como chumbo em alto mar, me via como um completo fracassado sem rumo.

A mulher que se dizia minha esposa, me abandonou, o Amor que ela dizia ter foi embora junto com o dinheiro, amigos viraram as costas, perdi meu carro para o Banco, ouvia que estava velho para retornar ao mercado de trabalho.

Orando muito pedi a Deus que Restaurasse minha vida profissional e a promessa que tinha para mim. Na semana passada, num período de 24 horas saí de um sentimento de derrota, para me tornar Gerente da Maior Casa de Shows da Maior Cidade de Santa Catarina.

Ótimo Salario, status e proprietários incríveis que me receberam muito bem, estão sendo instrumentos de Deus para cumprir a promessa dele em minha vida!

O que entendo agora é a PROMESSA DE DEUS EM SUA VIDA NÃO EXPIRA NUNCA, vai valer para voce para sempre


sábado, 19 de março de 2011

À Cesar o que é de Cesar à Deus o que é de Deus


Comecei a  trabalhar como assessor politico no gabinete do Deputado, e tinha uma admiração pelo trabalho dele, afinal se elegeu na 1ª eleição que disputou, gastou um valor insignificante na campanha e tinha um fogo em fazer o bem.

Apenas nossas viagens juntos eram complicadas, pois esle gostava de dormir muito tarde e aproveitar a noite nas cidades, eu ja queria ir para o hotel dormir e eu tambem não bebia ja há anos.

Pelo gabinete viajei muito, busquei muitas lideranças para o lado do deputado, atendia esses vereadores, presidentes de partido e prefeitos, no intento de ampliar a abrangencia eleitoral dele.

Um fato que aprendi na politica, a população é quem mais corrói os politicos que tem boa intenção. Digo isso pois o deputado, tinha todo um historico de trabalho social na sua cidade natal anterior a eleição.
E os seus cabos eleitorais quase que na totalidade eram pessoas carentes que em algum momento foram ajudados, com cadeiras de rodas, oculos, cirurgias, sopão distribuido na praça da cidade, e tinham uma divida de gratidão com ele.

Mas passado o 1º ano de mandato ao conversar com os mesmo cabos eleitorais, sobre a proxima eleição, passamos a ouvir, que ja tinham pago ao deputado, e que agora ele tinha que dar alguma coisa para votarem e trabalharem para ele. Não importava para essas pessoas o fato de como deputado, ele ter conseguido verba para reforma do hospital da cidade, creches, postos de saude, asfaltamento de rodovias, ele cumpria tudo que havia se proposto.

Mas isso ja não servia à população, todos agora queriam beneficios individuais, ou seja forçavam a conseguir recursos para atender a todos.

Agora eu podia derrubar aquele deputado pastor evangélico que havia assumido a presidencia do partido e impedido que eu fosse nomeado no governo estadual, e foi por muito pouco que não deu certo.

Hoje tenho uma visão diferente e sei que se Deus permite que ele dirija tantos milhares no estado, não devia ter lutado contra ele.

O deputado com que trabalhava era espirita e maçom e muito vaidoso, mas tinha uma alma boa, tinhamos algumas divergencias, mas ele confiava em mim. Tanto que quan do decidiu trocar de partido, todos, familia, amigos, lideranças politcas queriam que ele aceitasse  o convite do governador para se filiar ao seu partido, oferecendo-lhe um mundo. Ele acabou me ouvindo e se filiando ao partido que eu indiquei e onde ele se tornou Lider de bancada,lider dele mesmo, mas ganhou, mais funcionarios , mais verba de gabinete.

Nestes primeiro meses no gabinete, fui diminuindo minha frequencia na igreja, porque viajavamos muito e quando estavamos em Florianopolis ficava até tarde no gabinete. Mas nos poucos cultos que ia tinha sempre uma mensagem que me tocava o coração, e por incrivel que pareça eu ainda relutava em aceitar minha o plano de Deus. Eu dizia pra mim mesmo, que eu não tinha a experiencia dos pastores, nem o talento dos cantores ou a chama dos pregadores.

Um certo final de semana veio um pregador de curitiba, nunca havia visto a igreja tão lotada, tinha gente ate na rua, foi uma pregação cheia de unção e ao final ele disse que tinha uma mensagem de Deus para um irmão e queria que fosse la na frente. Eu estava muito no fundo, e começaram a ir pessoas para frente, mas ele insistia que ainda faltava a pessoa a quem a mensagem era dirigida, dizia voce pediu uma resposta do Senhor e ele te enviou, então saia daí e venha, nunca gostei de ir ate frente, mas me aproveitei que um grupo se levantou para ire fui no meio.

O pregador começou a fazer uma oração e fechei os olhos de cabeça baixa comecei a orar,  e o pregador começou a revelar a mensagem de Deus ao seu destinatario e ela dizia:
- Filho não temas, que teu caminho ja esta escrito, não te envergonhes de não louvar afinado, nem de não pregar com fogo, porque Deus tem te escolhido para ensinar, teu Ministerio é do Ensinamento. Quando abri os olhos o pregador estava em minha frente com o dedo apontado na minha testa e terminava as ultimas palavras, cai de joelhos a chorar.

Mas o trabalhos legislativos me deixavam cada vez menos tempo, para ir aos cultos ou para estudar a Biblia, e Deus sempre é muito claro em suas mensagens.

Aconselho que quando recebas uma mensagem de Deus siga-a, pois não aceita-la é como nadar contra a maré, pois o mau se esforça por nos afastar da vontade de Deus.
Abençoados amanhã Domingo não estarei por aqui.
Na Segunda-feira as 16:00 terei uma reunião para recnstruir minha vida.
Se puder peço-te que deposite uma oração em meu favor, Obrigado
E Bençãos a Todos!




sexta-feira, 18 de março de 2011

O Livre Arbitrio nos Confunde

DEUS JAMAIS DESISTE DE LUTAR POR NÓS
Nós perdemos a presidencia do partido por uma artimanha de um deputado Pastor evangélico, que por sinal foi um dos que impediram uma nomeação minha no governo estadual. Resultado passei a rejeitar qualquer igreja evangelica e as doutrinas, passei um mes atribulado a procura de emprego.

Consegui logo na sequencia a supervisão de um Instituto de Pesquisa de Opinião, para uam serie de pesquisas para o governo estadual, voltei a viajar pelo estado todo e não tive mais tempo pra orar e fazia de tudo para desmoralizar e atacar o pastor.

Eu fiz minhas escolhas e utilizei o meu livre arbitrio, mais uma vez, para me afastar do plano que Deus tem em minha vida. Durante quase 2 anos fiz muitas viagens com equipes de pesquisas foram muitas mulheres, e eu me vangloriava das conquistas.

Durante esse periodo estava preocupado em ajudar um amigo de longa data, que inclusive na epoca em que estava no partido, eu andava com ele a tiracolo, convidava para fazer lanche e almoçar, pois sabia que estava sem dinheiro, simulava a necessidade de levar alguem comigo nas viagens pelo estado, só para mante-lo ativo, dizia sempre que ele havia contribuido para as conquistas do partido e que era da minha maior confiança.

Ja havia conversado com um deputado que havia se elegido pela 1ª vez, que precisava de 3 vagas , para mim, para esse meu amigo, e para um garoto que coloquei como vice presidente da juventude do partido.
Estava ja há quase 30 dias coordenando uma pesquisa no planalto norte com base na cidade de joinville , quando recebi uma ligação de um conhecido assessor deste deputado, que me informou que esses 2 que eu tentava ajudar, haviam tomado a presidencia da Juventude e que meu amigo havia assumido a vaga no gabinete que deveria ser minha.

Este meu "amigo" disse ao deputado que eu estava morando fora, gerenciando uma empresa e com um irmão com cancer e que eu não queria saber mais de politica e com isso pegou o lugar era pra ser meu.

Num primeiro momento fiquei furioso, mas depois pensei que ele era um coitado e que fez aquilo pelo desespero e que eu era muito superior e tinha condições de sempre me levantar. O pior dos sentimentos humanos arrogancia  de se achar superior e de que pode tudo sozinho.

O governo do estado cancelou o contrato com o Instituto, que acabou por fechar as portas, fique 6 meses desempregado, entrei em depressão, quando comecei a frequentar a Igreja Assembleia de Deus, ia terça, quinta, sabado e domingo, na sede do setor uamigreja grande e com muitos fiéis e segunda e quartas ia numa pequena congregação que mal cabiam 30 pessoas e ficava no meio de uma comunidade carente.

Passei a ler novamente a biblia, ia todas as manhãs nesta pequena congregação me ajoelhar com o dirigente e mais uns 2 fiéis oravamos por cerca de 1 hora.

Uma noite no culto o dirigente, me chamou de surpresa para ir ao pupito e ler a palavra, fui la meio timido, e li uma passagem que havia lido na tarde anterior, lembro que uma empolgação tomou conta de mim, e acabei fazendo uma pequena pregação de uns 20 minutos.

Para mim foi impressionante pois eu sentia as palavras fluindo de minha boca era impossivel conter, acho que foi a primeira vez que me senti ungido pelo Espirito Santo, fui me sentar tomado em lagrimas e meio sem entender o que tinha acontecido.

Na saída do culto o irmão que tocava o violão durante os louvores, me parou e agradeceu dizendo, que ele estava para abandonar tudo, pois a luta dele estava muito grande com o filho caçula preso e muitas outras dificuldas, e chorando completou que Deus havia me usado para dar uma palavra ao coração dele reestaurando a fé e dando forças para continuar.

Aquela noite agradeci muito por Deus estar me usando com operario em sua obra e jurei me entregar de corpo e alma todos os dias e horas de minha vida.

E decidi descer as aguas para me batizar, como nos momentos mas importantes e marcantes de minha vida, e diante de uma igreja lotada, eu estava sozinho, nem um parente, amigo ou esposa, era um momento somente eu e Deus.

No dia seguinte, fui até a Assembléia Legislativa, encontrei na escada o Deputado no qual meu "amigo" estava trabalhando, deputado me chamou par aum café e me perguntou se podia viajar uma semana com ele por algumas cidades da região serrana.

Aceitei o convite deixando claro que estava sem dinheiro para as despesas, ele disse para não me preocupar que era seu convidado. O deputado ainda me informou que meu amigo havia sido dispensado por incompetencia, senti por ele.

Viajamos por 8 dias, fizemos varias visitas a lideranças politicas, jantares beneficientes uma agenda bem extensa, mas frutifera, retornamos a cidade só na vespera do deputado embarcar para uma viagem de 15 dias para China. Quando me deixou em casa ele apenas me disse, amanha leva tua documentação la no gabinete para tua nomeação como Assessor Politico.

Hoje quando eu olho para tras percebo como eu era fraco na fé, pois bastava me erguer para começar um processo de distanciamento com Deus.

Essa historia ainda tem varios capitulos!

Ate amanhã Abençoados

quinta-feira, 17 de março de 2011

Continuação Do Testemunho anterior


Chegou o dia da reunião, e uma conhecida que trabalha na assembleia Legislativa, me liga avisando que estava acontecendo uma reunião de lideranças de nosso partido, no gabinete do Deputado, sem a presença do Presidente estadual, meu chefe por sinal.

Orei muito neste dia, e a resposta veio surpreendentemente, um pseudo aliado que esteve na tal reunião veio me falar que estavam preparando a destituição do presidente do partido e que aconteceria naquela noite.

Uma luz iluminou meu pensamento, fiz algumas ligações para Brasilia e deixei na mão de Deus o resultado.

O pseudo aliado ainda me questionou sobre meu passado e que o deputado que era delegado de policia podia ter no dossie que fez da minha vida. Respondi rapidamente que nada que não fosse do conhecimento do presidente do partido e que ja não tivesse sido resolvido.

A reunião começou tensa, percebi o exato momento em que assessora passou uma pasta com meu nome as mãos do deputado, que deixou um leve sorriso transparecer em seu rosto.

Nesse momento o deputado pediu a palavra e começou a reclamar que eu me achava o dono do partido, dando ordens para presidentes municipais e até vereadores (sabe o que é pior eu ia votar e fazer campanha pra ele antes dele cair na labia de um outro mau politico).

Aí começou o agir de Deus uma grande liderança do partido e ex prefeito de uma grande cidade catarinense tomou a palavra e perguntou quantos diretorios municipais o gabinete do deputado com toda a estrutura havia fundado nos ultimos 3 anos, sem muita convicção ele respondeu o da cidade dele.
Continuando meu mais novo defensor fez a mesma pergunta para mim, ao que respondi 130 e aproveitei para agradecer o suporte logistico que o gabinete do deputado dava para minhas ações.

Ele então olhou para o deputado e disse deixa o Claudio trabalhar em paz o partido nunca cresceu tanto desde a fundação há decadas.

Mas ainda havia a destituição do presidente que de um jeito ou de outro acabaria com minha carreira no partido. Na executiva estadual existia um indicado do diretorio nacional que funcionava como uma especie de interventor, no meio da reunião ele recebe uma ligação de brasilia e após alguns segundos pede a palavra e passa a elogiar o trablho do presidente diz que a executiva nacional esta muito satisfeita com os andamento aqui no estado.

Ainda colocou as mãos sobre a pasta de meu dossie recolhendo-a para que o deputado não o revelasse, era mais uma ação de Deus.

Jesus Advoga a nosso favor sempre e quando ele esta do nosso lado não existe quem possa nos derrubar.

O resultado daquela eleição foi o melhor que o partido teve em sua historia, pela primeira vez elegemos 2 deputados, antes eram no maximo 1, crescemos 174% na votação. Sendo que o deputado que queria me derrubar não se reelegeu e algum tempo depois fiquei sabendo que estava preso por varias acusações, inclusive tortura.

Nunca mais encontrei o Marcio, liguei na casa dele, mas a mãe dele me informou que ele tinha ido embora pregar a palavra e ela ainda não sabia contatos dele, mas ele esta com Deus e tenho certeza esta na Paz.

Sou humano e como tal acabei caindo nas mãos do espirito da vaidade e arrogancia, passei a me achar intocavel, mas ignorante não buscava mais Deus, e se não buscamos e seguimos seus desgnios, viramos alvos faceis para o inimigo.


Perdemos a presidencia do partido e as indicações de meu nome para um cargo no governo estadual, acabaram perdidas em gavetas do palacio.

E mais uma vez estava sem rumo e sem um caminho certo.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Deus Usa Servos Fiéis para nos trazer sua Mensagem


Após a morte de meu pai, passei a rejeitar Deus totalmente e durante muito tempo, andei por trevas sem rumo e sem um objetivo na vida, alem de ganhar dinheiro e levar a vida de qualquer jeito.
Passei mais algum tempo morando nas terras do meu sogro, mas nada tinha valor e entrei num processo de auto-destruição que culminou com o término de meu casamento.

Mas esse período de 2 anos, que julgo ser o maior livramento de Deus em minha vida, vou deixar para mais adiante por achar que vai chocar muitos "amigos" e ainda não tenho autorização de alguns envolvidos para narrar com detalhes os fatos

Assim o que segue iniciou após esse livramento onde recuperei a fé em Deus e passei a compreender um pouco mais dos seus desgnios.

No ano de 2001 começei a trabalhar como vendedor em uma loja de moveis e eletrodomesticos, meu gerente era um ex seminarista que quase havia sido ordenado padre, um cara incrivel.

Me dediquei muito para poder crescer, pois ali ganhava menos do que estava acostumado com as investigaçõese queria me reerguer rapido.

E foi ali que conheci uma das pessoas mais devotas e fiéis aos mandamentos e a palavra de Deus, um jovem de 20 anos que tinha uma fé Fervorosa, vivia pela fé e pelos desgnios do Senhor.

Eu vendia muito bem facava sempre entre os primeiros, sempre fui muito persuasivo, mas o Marcio era sempre o ultimo em vendas na empresa, e corria o risco de ser demitido.

Passei a ouvir muito ele e prestar atenção no dia a dia dele, e percebi o que o atrasava as pessoas com problemas, angustiadas ou deprimidas sentiam nele uma luz e energia , e acabavam se abrindo para ele. assim ele ficava sentado num canto da loja ouvindo e pregando a palavra de Deus para as pessoas que deixavam de ser seus clientes e muitas vezes até compravam em outro lugar, pois ele não conseguia convencer, que nossos preços ou nossos produtos fossem melhor que a concorrencia. Na verdade era muito sincero.

Ele tinha uma noiva muito bonita e simpatica, de uma boa familia que deu de presente para eles um apartamento mobiliado quando faltava se me lembro bem 3 meses para o casamento.

Mas o Marcio tinha um forte chamado para o trabalho missionario ele sonhava em colocar uma mochila nas costas e sair pregando o evangelho, vida bem diferente do que sua noiva estava acostumada. Detelhe aos 20 anos ele ainda era virgem e não beijava em publico, era puro ao extremo e olha que viviam meninas dando mole para ele, visto que era um rapaz de muito boa aparencia.

Ouvi um comentario em outra filial que haveriam cortes de funcionarios, então decidi fazer o marcio permanecer na empresa, conversei com ele sobre compromisso e comprometimento, e que ele não estava cumprindo o compromisso de ser vendedor da empresa e passei os 2 meses seguintes marcando em cima dele e ele ficou 2 meses em 1º lugar nas vendas.

Um certo dia ele me chamou e disse que iria terminar com a minha namorada, eu lhe respondi que não, que ela tinha segurado uma barra pesada ao meu ladome apoiando quando muitos viraram as costas, e agora que as coisas estavam melhorando eu jamais largaria ela.

Aí ele me explicou que estava há uma semana orando pelo futuro casamento dele e que Deus falou que tinha colocado a Vanderleia na minha vida para que eu pudesse passar essa fase, mas que nossos caminhos seguiam em sentidos diferentes.

Em poucos dias do nada após uma discursão ela decidiu que deviamos dar um tempo e terminamos o namoro, fiquei sabendo que ela tem evoluido bastante profissionalmente, a carreira sempre foi muito importante para ela.

O Marcio finalmente teve a revelação de Deus e terminou o noivado, o que a noiva e a familia aceitaram de maneira tranquila pois sabiam que ele realmente tinha essa ligação com o Senhor.

Logo após isso ele me disse que eu não ia ficar mais na Loja, que Deus tinha mostrado a ele que eu estaria em uma sala muito alta, mandando em muita gente e viajando muito.
Tentei questionar o fato que tudo indicava que eu iria pegar uma gerencia da loja por causa do meu desempenho, mas ele foi irredutivel que não.


Passados alguns dias o supervisor da empresa veio me aplicar uma advertencia escrita, por eu ter orientado um cliente a fazer um B.O na policia, porquehaviam usado o CPF dele para fazer compras na loja.
Me recusei a assinar a advertencia por achar injusta e ele me deu uma suspensão.

Procurei um advogado trabalhista ex deputado e amigo de meu pai, para me informar sobre a situação, ele me explicou a parte legal e procedimentos, e depois me perguntou se eu não queria trabalhar com ele.

Me disse que assumira a Presidencia Estadual de um partido politico e que precisava alguem para administrar o diretorio estadual e controlar os municipais, que teria que viajar pelo estado, coordenar a Campanha Eleitoral que seria no ano seguinte e detalhe a minha sala ficava no 12º andar do edificio(bem alta né).

Aceitei de pronto, passei a ter contato direto com vereadores, prefeitos, empresarios, coordenava as ações dos presidentes municipais, criei programas de TV do partido, vire presidente da Juventude do partido.

Era respeitado e viajava por todo estado , e algumas viagens para Brasilia, tinha a confiança total do Presidente, que havia sido vereador, prefeito 2 vezes, Deputado estadual, deputado federal e Secretario estadual do Trabalho, um homem que me ensinou muito sobre politica.

Estava cumprida a profecia que Deus havia revelado ao Marcio, e tudo corria muito bem, mas eu ainda estava um cristão morno quase frio, não dobrava os joelhose mal sabia orar,  basicamente rezava um pai nosso de vez enquando.

Meu trabalho começou a surtir efeito em poucos meses fiz o partido sair de 21 municipios para 130, estimulamos a criação de 40 nucleos da juventude trabalhista, demos espaço para efetivação do nucleo da Mulher trabalhista, montamos uma nominata para concorrer as eleições 2002.

O Marcio me ligou dizendo que precisava falar comigo urgente, marcamos de comer um cachorro quente no final do dia. E ele foi direto e objetivo dizendo : Claudio teus inimigos estão se levantando contra ti e vão tentar te derrubar essa semana, tens que se curvar a Deus e pedir a proteção dele, vai em uma igreja qualquer uma e ora a ele entrega tudo na mão dele, mas faz isso rapido e de coração.

Saí dali e fui para minha sala, ajoelhei-me sozinho no escuro e orei muito a Deus para que me desse um escudo para me proteger.

Eu sabia que tinhamos um deputado que por intrigas de um vereador estava com raiva de mim e tinha declarado guerra aberta e só podia ser isso e nessa semana teriamos uma reunião da executiva Estadual, se ele fosse fazer algo seria nessa reunião, pois ele ja havia pedido para o Presidente do partido me demitir o que foi rejeitado então o que viria ia ser pesado.


Continuamos amanha ....



Que as Bençãos de Deus Transbordem em sua Vida.

terça-feira, 15 de março de 2011

A Culpa foi de Deus


Nós nos acostumamos a achar culpados por todas as coisas ruins que nos acontecem, e inerente ao ser humano tentar achar uma explicação.

E quando a perda é muito grande, muitos a cabam culpando Deus, somos eternos insatisfeitos o que vou narrar foi o maior periodo que fiquei rejeitando Deus.

Fiquei 1 ano me recuperando daquela investigação, onde fui ferido, meu ex sogro cedeu um pedaço de Terra para que eu pudesse produzir algo.

Após estudo decidi por plantar Pimentão que tinha sido na safra anterior um dos produtos mais valorizados, resolvi plantar 30.000 pés de pimentão. Nunca tinha trabalhado tanto na minha vida, encher de terra e semear os 30 mil copinhos com uma semente cada. Regar 2 vezes ao dia e a felicidade de após 5 dias ver brotando em todos os copinhos as mudas, alegria de pobre dura pouco,quando contei ao meu sogro ele duvidou e explicou que o pimentão começa a brotar após 21 dias. No dia seguinte ele foi comigo para examinar e me informar que aquilo éra um cipó que mataria as mudas, tive que limpar cada um dos 30.000 copinhos. Enquanto as mudas cresciam arei e adubei a terra, fiz os 30.000 buracos que iriam receber as mudas.

Após transpor para terra todas as mudas, meu sogro me mostrou um Bambuzal que ficava na propriedade e me disse que eu teria que cortar 30.000 taquaras que seviriam de sustentação para os pés de pimentão conforme fossem crescendo.

Nesse periodo ja comecei a distribuir cartões na cidade oferecendo serviços digitais, afinal tinha um otimo PC impressora , Scanner, e sempre fui muito bom e editoração grafica e marketing, mas o resultado não foi muito bom, afinal a cidade tinha 3.500 habitantes, as lojas faziam cartazes em cartolina, convite de casamento ou aniversarios eram verbais.

Mas continuei firma na plantação, iamos à igreja católica todos os domingos e fundei um grupo de teatro amador, que durou pouco só tinham meninas e minha esposa não gostou muito.

O resultado final da plantação foi um fracasso, só 4.000 pés deram fruto,e  uma outra praga arruinou a maior parte do que eles produziram, não deu lucro nem pra cobrir as despesas, mas mesmo assim minha fé se mantinha.

Meu pai começou a ficar preocupado, com minha permanencia tão longe da familia sem muita possibilidade de crescer, ja que estava acostumado a trabalhar e ter ganhos bem melhores.

E em uma sexta feira, meu pai apareceu lá, ele era assessor politico na assembleia legislativa há muitos anos e viajava muito, pela primeira vez em 27 anos tivemos conversas de pai e filho.

Me levou á um bar da comunidade de italianos onde eu estava morando, tomamos uma cerveja ele me deixou dirigir o carro na volta e quis até me ensinar a passar o cambio(eu dirigia desde os 14 anos), por alguma razão parecia que queriamos compensar todos os anos passados naquela noite.
No dia seguinte quis me deixar o cartão bancario dele, para caso eu eu tivesse algum problema,coisa que recusei, falou que iria me colocar para trabalhar com algum Deputado.
Antes de partir no sabado pela manha me abraçou forte, deu um beijo na face e disse que na proxima sexta voltaria, para me trazer novidades e me fez prometer que nunca mais trabalharia como Detetive particular.

Na terça-feira meu cunhado me chamou as pressas na roça, pois tinha um telefonema para mim urgente. era o comandante da guarda da Assembléia Legislativa, que foi curto e direto com a seguinte frase:
- Teu pai sofreu um acidente na BR 101 e faleceu, preciso que avise sua familia e definir detalhes do velorio e funeral.
Como meu pai me ensinara por toda a vida, não derramei nenhuma lagrima, apenas respondi que o funeral deveria ser no cemiterio do Itacorubi, no mesmo tumulo do vô e da vó, desliguei o telefone.
Liguei para meu cunhado e disse para que avisasse a todos o horario do velorio e funeral, que ja estava toda a questão burocratica encaminhado.
Embarquei com minha esposa em um onibus que saiu as 22:00 de Videira e chegou as 8:00 da manha em Florianopolis, desde do momento que falei com meu cunhado, não disse mais nenhuma palavra.
Ao chegar ao velorio, conversei com o pessoal do cerimonial da assembleia que organizaram tudo, vi minha mãe e meus irmãos e irmãs chorando, coloquei uma amante histerica do meu pai discretamente para fora, acertei com alguns tios que se permitissem que o pai fosse enterrado junto de meus avós, fariamos um jazigo de marmore novo.

Aí só depois de tudo feito fui até o caixão, o pai parecia apenas dormir, uma esperança irracional de que ele iria acordar tomou conta de mim, e quando eu ia voltando a realidade as lagrimas começaram torrenciamente descer por meu rosto, ja não podia mais segurar.

Não conseguia entender porque Deus tinha me tirado ele justo agora, 27 anos sendo tão opostos e quando entendemos que eramos iguais ele me é tirado.

A culpa tinha que ser de Deus ele queria me punir,blasfemei, questionei e por fim rejeitei totalmente Deus naquele dia.

Quantas vezes você ja disse : - porque meu Deus ?

Foram anos sem falar com Deus e não querendo escuta-lo... amanha continuo essa fase e a mais um Milagre de Deus para me resgatar. Ele jamais deixa de Lutar Por Nós!


segunda-feira, 14 de março de 2011

Dar e receber o Bem


Hoje me Obrigo a pular um pouco a cronologia das Bençãos de Deus em minha vida, para fazer uma breve narrativa da noite de ontem, domingo 13/03/2011.

Ontem retornei à Igreja onde me Batizei há anos atras, fui lá para Orar e pedir a Deus para Restaurar meu casamento....

 Mas faltando 1 quadra para chegar ao templo uma senhora com 4 crianças me parou e pediu para Orar para Deus restaurar o casamento dela, ela tinha um sorriso e um olhar sincero. acabei esquecendo do meu sofrimento durante o Culto, mas tenho convicção que Deus ouviu minhas preces em favor daquela familia.

A fé maior estava naquela mulher que pediu à um completo estranho que orasse em prol dela, ela realmente acredita no poder da oração e que Deus pode agir quando invocado.

Mas aquela mulher me ajudou muito mais do que eu poderia ajuda-la, pense nisso cada detalhe de seus dias o peso de suas ações e de suas palavras, quando sentir que deve dar uma palavra de conforto, não se detenha, se vier do coração abra sua boca e deixe o espirito santo falar.

sábado, 12 de março de 2011

O Escudo de Deus


O escudo que Deus ergueu para proteger minha vida é um capitulo muito importante dessa historia, hoje tenho consciencia que ele sabia, que minha imprudencia e auto-confiança seriam muito perigosas.
Durante muitos anos atuei como Detetive Particular Free-Lance, ou seja quando aparecia um trabalho que outro detetive não tinha coragem ou competencia para fazer acabavam me oferecendo e pagando bem eu estava lá pronto para fazer.
Esses trabalhos incluiram campanar um ponto de trafico, para um comissario de policia, que não poderiam ser vistos na região pois iriam espantar os traficantes, grampear telefones de autoriadades, investigar gente do mal mesmo.


Mas essas coisas nunca me assustaram, ja havia varias cicatrizespelo corpo, facadas e tiros, mas eu continuava em pé sempre, mas nessa época eu me achava indestrutivel.

                               Ai Deus baixou um pouco o escudo para que eu caísse na real.


Fui contratado para realizar uma investigação em uma cidade em outro estado, missão fazer um pente fino em todo o passado e presente do homem mais poderoso da cidade, objetivo conseguir provas que pudessem ser usadas para que uma mãe pudesse fazer justiça em relação a perda tragica de seu filhinho de 4 anos.

Mandamos um novato uma semana antes para a cidade, apenas para identificar os endereços e fazer umas fotos, para depois eu ir e preparar as escutas e iniciar a investigação para valer.

O trabalho do novato foi uma decepção, deixou um rastro absurdo, assim que cheguei na cidade ja fiquei sabendo que havia uns capangas do nosso alvo fazendo pergunta sobre estranhos na cidade, mas como a cidade tem um grande porto, o que mais tinha eram estranhos na cidade, ainda estavamos com alguma margem de segurança.

Após uns dias o novato pediu para voltar a Florianópolis porque ia ser aniversario da esposa, o liberei naquela noite e fiquei sozinho na pensão onde estavamos hospedados.

Na tarde seguinte percebi que estava sendo acompanhado por um carro, depois de alguma horas e da certeza de que realmente estava sendo seguido, desci a pé da balsa, quando ela saia do cais deixando meus perseguidores para tras. Era hora de dar uma pausa na investigação e sair da cidade, comecei a planejar como faria para começar a investigação pelas bordas.

Naquela noite acontecia um grande showmicio na cidade com muito barulho e fogos de artificio, resolvi sair para jantar. A pensão ficava em um beco estreito pouco iluminado assim que sai do portão vi 2 homens parados prozimo a um poste, quando dei alguns passos , pude ver o reflexo da luz do poste na pistola na cinta de um deles.
Dei mais 2 passos e ao me virar para retornar senti o metal quente perfurando minha barriga pelo lado esquerdo e saindo pelo lado direito, mas antes que pudesse ter qualquer reação, perdi as forças na perna esquerda que recebera o segundo impacto, tombei ao chão. Pensei que ali seria minha ultima aventura, lembrei que naquela hora minha irmã mais velha estava se casando em uma grande cerimonia em florianopolis e que eu era o unico dos 7 irmãos que não estava presente.
Um carro parou na entrada do beco qdo os 2 homens se aproximavam e os fez recuar e irem embora, deviam ter certeza que o trabalho deles estava feito.


Consegui me erguer e voltar ao quarto da pensão, cauterizei os ferimentos de uma forma muito dolorida, graças aquelas dores de cabeça que me acompanham desde a infancia, nunca ficava sem varios comprimidos para dor. Fiz uma ligação para o dono da agencia que havia me contratado, dizendo que tinham que vir me buscar urgente, tomei varios comprimidos analgesicos e acabei apagando não sei se pela dor e sangue perdido ou pela quantidade de analgesicos.

Na manha seguinte, estava fervendo de febre e suando muito, sabia que ia demorar a chegada do socorro, só tinha mais alguns comprimidos e a dor ja era insuportavel, passei a rezar o pai nosso e a pedir uma chance a Deus, apaguei novamente, e só despertei a tarde com alguem batendo a porta.

Era meu socorro, mandei que fosse comprar antibioticos, antiinflamatórios e analgesicos e faixas, seguimos para cidade de São Paulo, la começei uma pereginação de Onibus, trocando de onibus em 8 cidades até chegar a uma pequena cidade do meio oeste de santa catarina onde meu sogro tinha um sitio.
Lá finalmente fui tratado quase "adequadamente" pelo veterinario da familia.

Percebi que Deus havia agido novamente pois um dos projeteis atravessou minha barriga de um lado ao outro e não atingiu nenhum orgão vital.

Se nos salvamos pode ter certeza Deus estava ali.


P.s   A cliente depois que viu as fotos do que aconteceu comigo, desistiu da investigação....


E não Esqueça Irmão Você Tambem é um Escolhido

sexta-feira, 11 de março de 2011

Uma lagrima para Deus

Descobri que Deus nos deixa viver sobre nossa propria vontade, e ele sabe exatamente o quanto podemos suportar e como podemos nos fortalecer superando alguns obstaculos.

Mas basta uma LAGRIMA sincera sinalizando que ja não temos mais força para continuar, que ele nos envia uma brisa para refrescar a face, uma estrela, para nos mostrar o caminho, um ombro amigo para nos apoiar nos passos que ainda estão por vir.

Pore isso seja sincero se entregue verdadeiramente a Deus ele esta pronto para nos ajudar, apenas devemos querer sua ajuda e acreditar que sua mão esta sobre nós.

sábado, 5 de março de 2011

Crer é o Primeiro Passo

Uma das lições mais importantes que tenho aprendido na vida, é não basta pedir, temos que acreditar do fundo do Coração que a benção ja foi concedida e esta para chegar.

"mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” (Mateus 6:33)

Deus me deu a Vida, ineligencia e me moldou no fogo, para ser forte e suportar as dificuldades que o mundo nos apresenta.

Outra coisa muito impotante ainda estou em fase de aprendizado, que é saber pedir e entendere as bençãos recebidas.

Hoje ficamos por aqui, mas a historia ainda esta só no começo, ainda tenho que testemunhar sobre os maiores livramentos, alguns que quase ninguem conhece de minha vida.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Sutilezas dos Designios

                                                 
Se for contabilizar a vida me foi a melhor escola, vivenciei de tudo, dor e alegria, fúria e paz, vitorias e derrotas. Hoje em dia tenho a certeza que Deus vinha me moldando me fortalecendo e preparando para algo.

Mas somos humanos e demoramos para entender seus desígnios, é muito difícil aceita-los, cresci com um Pai que não deixava faltar nada em casa, com excessão de carinho e atenção, que por alguma razão era direcionado apenas para meus outros irmãos.

Comecei a trabalhar aos 14 anos, como office boy, só para ter  meu proprio dinheiro, meu pai odiou isso, dizia que não era preciso. Lembro-me que ele deixava algum dinheiro no balcão da cozinha para eu sair com os amigos, eu nunca pegava.

Eu e meu pai eramos totalmente opostos eu Flamengo ele vasco, ele de Direita eu de extrema esquerda, não conseguíamos assistir um tele jornal, sem discutir sobre qualquer tema apresentado.
Muitos anos mais tarde vim a saber que ele achava que eu fosse gay, por estudar demais ouvir musica e escrever poesia.

Em um verão memorável ficamos no Camping da Assembleia Legislativa de SC onde meu pai era o diretor, foi incrível. Eu gostava de jogar futebol e meu pai organizava umas competições entre os campings da região, jogamos então uma partida contra o Camping da policia militar.
Eu era magro, leve e ágil, os caras do outro lado grande e pesados, vantagem para mim, ganhamos a partida, mas a alegria não durou muito.

Os velhos começaram a beber e meu pai vangloriava-se da vitoria, quando um PM disse que eu só consegui jogar porque eles pegaram leve comigo, meu pai então acertou uma revanche para semana seguinte apostando um engradado de cerveja como não conseguiam quebrar minha perna.
Não me recordo bem, mas parece que não fazia nem um ano que eu tinha feito 2 cirurgias de uma ulcera e uma hernia no duodeno.

Durante aquela longa semana pensei muito na dor que seria ter a perna quebrada e o que poderia fazer para não chegar ao jogo. Enquanto isso ouvia meu pai conversando com meu tio. qual seria minha carreira no futebol, por onde começaria em que times jogaria.

Ei pera lá e eu não palpito nada no meu futuro, e sera que vou ter carreira ja começando com a perna quebrada, e o pior futebol era lazer para mim não uma profissão.

No dia do jogo estava muito nervoso , via os jogadores rivais e pensava quem seria o felizardo que ganharia as cervejas. Os primeiros minutos do jogo me mantive apático, recuado não ficando muito tempo com a bola nos pés, até que recebi um passe e só tinha um zagueiro gordo entre mim e o goleiro, parti para cima driblei e chutei para o gol, e nesse exato momento pisei de ma jeito no chão deslocando algo na perna.

A perna começou a inchar e a doer muito, lá fui eu para o Hospital e fiquei engessado quase o restante do verão.

Culpei muito meu pai, mas na realidade do jeito dele ele queria me fortalecer me guiar e de certa forma ele conseguiu, hoje amo minha filhas e quero facilitar a vida delas ao maximo.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Porque Teimamos em Não Aceitar Deus

Aos 16 anos comecei a estudar na Escola Técnica Federal de SC, e ali conheci o movimento estudantil e na sequencia o Partido Comunista do Brasil. Como sempre gostei muito de ler e adquirir conhecimento, passei a me aprofundar na doutrina Marxista, me afastando mais ainda de meus contatos com Deus. Parece que quando achamos que sabemos muito ou estamos bem vamos nos esquecendo de tudo que ele ja fez em nosso favor. É como se ele nunca tivesse nos carregado por dias de nossa existencia.
                                         
No primeiro semestre da Escola Técnica tivemos aula de Educação Religiosa com um Padre da Catedral de Florianópolis, ele era a pessoa mais passiva que ja conheci, as colas nas provas dele eram absurdas, alunos passavam os testes respondidos abertamente uns aos outros( pensa no tipo da  turma, Colando em Religião).

Eu vivia um periodo de aprendizado cientifico e politico, e não tinha tempo para ouvir o padre e tambem ele não tinha as respostas que eu procurava, talves porque eu mesmo não sabia ao certo as perguntas, mas passei a ter uma repulsa gigantesca em relação a ele.

Me dedicava plenamente ao movimento estudantil, e à um grupo ecológico que criamos, faziamos mobilizações, protestos e greves, estava ocupado demais para relembrar Deus.

Continuava estudando muito e escrevendo poesias, inclusive um poema contra a religião que arrependo-me até hoje, ele foi afixado no mural da escola o que fez uma garota evangélica cair em prantos ao ler, e ficou dias sem ir para aula.

Faziamos acampamentos em praias desertas, montanhismo, rapel, e em varias idas ao Cambirela, encontravamos no caminho pela cachoeira oferendas e despachos de umbanda, nossa descrença na religião era tão grande que bebiamos as bebidas que ali eram deixadas.

Nesta época eu passei a gostar de lutas, e escondido da familia, com um outro grupo de amigos viviamos nos metendo em confusão, era uma necessidade de preenchimento de algo que estava vazio no meu coração.

Na nossa ultima demonstração de burrice e primitivismo, fomos uns 30 jovens na carroceria de um pequeno caminhão estragar a festa de aniversario do desafeto de um de nossos amigos. Quando chegamos lá devia ter uns 100 do outro lado e a briga foi terrivel não deu nem para contabilizar que ganhou ou perdeu, havia sangue e gente caída para todos os lados. Sei que levei um chute direto no rosto e só pensava como ia explicar isso pra mãe.

Cheguei em casa de madrugada, fui direto para o quarto dormir, quando acordei tomei um banho e fui tomar café, minha mãe deu um grito, o que foi que aconteceu com teu rosto.
Eu respondi que nada, que tinha caído e batido com o rosto na calçada, ela me levou ao banheiro para olhar no espelho. Me apavorei com o que vi, minha boca estava totalmente torta, não conseguia fechar direito e meu olho esquerdo tambem não conseguia fechar.
Eu tinha certeza que a pancada não teria feito isso, ja tinha levado outras muito mais fortes antes. E advinhe fomos pra um médico, que após exames e me perguntar se tinha pego alguma rajada de vento frio com o corpo quente,visualizei a noite anterior onde saimos da briga e voltamos tomando vento em cima do caminhão, disse ao médico só a parte de andar na carroceria.

Resposta do médico, eu tive uma paralisia facial do lado esquerdo, que iria tomar uma serie de medicamentos e fazer fisioterapia, mas que não era garantido ter um resultado positivo, aquelas palavras me destruiram.
Estava começando minha juventude e as paqueras, e agora estava parecendo um mutante de filme de terror, fiquei uma semana sem ir a aula nem no trabalho(trabalho sim comecei aos 14 anos queria ser independente)aguardando o inicio da fisioterapia. Mal conseguia ingerir liquidos, tinha que tomar usando canudinho e manter acabeça de lado para não babar tudo.

A fiisoterapia consistia em ficar fazendo caretas num espelho, massagem e uma sessão de choques no rosto, tudo isso feito por uma fisioterapeuta linda demais e muito gentil, mas ela me disse que o tratamento poderia durar meses ou anos parea começa a apresentar resultados.

Aquele dia fui a escola e é claro virei motivo de risadas e piadas uma angustia começou a apertar o coração e é claro coloquei a culpa em Deus por ter deixado acontecer isso comigo.
Mais uns dias sem ver melhoras no meu estado, comprei um raticida dissolvi em alcool e preparei uma seringa, havia tomado uma decisão, acabava ali essa historia, fui ao colegio para me despedir de 2 grandes amigas a Lu e a Marcia, sentamos na escada de uma mercearia proximo da escola e conversamos muito, a Marcia era uma catolica praticante e tinha muita afinidade com Deus a Lu tinha uma espiritualidade impressionante praticamente um anjo sempre disposta a ajudar.

Após deixá-las joguei a seringa fora e disse enquanto caminhava para casa , Seja o que Deus Quiser, fui pra casa dormir.
Na manha seguinte ao acordar já conformado com a situação, tomei banho e ao escovar os dentes tive uma surpresa no espelho, meu rosto estava normal, podia fechar a boca e o olho normalmente, era como se nada daquilo tivesse acontecido.

É Deus não esquece de nós, mas porque insistimos em não aceita-lo?


Bençãos e até amanha!

terça-feira, 1 de março de 2011

Distanciamento de Deus

Sabe a vida, é nossa e temos livre arbitrio pra seguir o que acharmos melhor, mas há muitas situações e pessoas que podem interferir em nossas decisões.
                                                       
Ainda adolescente, minha principal atividade era estudar e escrever, adorava poesia e era muito questionador com meu professores, não aceitava nada mastigado, precisava degustar o conhecimento, saber detalhes e entender plenamente o que era dito.

Nesta época meus pais decidiram que deveria fazer 1ª Comunhão, fiz o queme pediram, mas ali começaram minhas duvidas sobre a religião. Pois as catequistas queriam apenas conduzir nossas mentes a acreditar no que estavam nos livros da catequese sem questionar. Tentavam basicamente uma lavagem cerebral, mas muito rustica, até porque não eram pessoas preparadas pra um ato cientifico como esse.

Ali começei a achar que Deus e religião podiam ser coisas diferentes, mas ainda eram apenas pensamento de um adolescente com muita coisa a aprender.

Nessa época comecei a sentir fortes dores abdominais, contorcia-me de tanta dor, mais uma vez fui parar em hospital., e já não deveria ser surpresa o fato de ter um problema grave e o médico ja marcar uma cirurgia.

Resultado, eu tinha uma ulcera gastrica e uma Hernia no duodeno. Sendo levado na maca para a sala de cirurgia ficava pensando como seria caso morresse ali, para onde ia, mas eu tinha muita coisa à aprender, não queria morrer, mas tinha medo e se Deus tivesse me abandonado. O enfermeiro me deixou no hall, pois ainda não estava pronta a sala de cirurgia, uma outra maca parou ao meu lado e um garotinho careca de uns 12 anos deitado sorrindo. Ele me olhou e perguntou o que vc tem, após responde-lo disse nem sei se volto dessa. Ele sorriu novamente e disse que tinha um tumor no cerebro e que Deus não se distanciava da gente, mesmo que a gente tente ficar longe dele e que logo tudo estaria bem, fui impedido de lhe perguntar mais quando as macas foram levadas para as salas de cirurgia.
                                                          
Adormeci enquanto contava até 10 na mesa de cirurgia, a impressão que tive foi de abrir imediatamente os olhos a seguir, e o susto foi enorme, tinha morrido, ja via Cristo de braços abertos sobre mim.
Calma nessa hora após concentrar os olhos percebi que era um crucifixo fixado na parede da sala de recuperação onde eu aguradava para ser levado ao quarto.

Bem não sei o que aconteceu com aquele garotinho, mas sei que ele tinha razão Deus não se AFASTA DA GENTE.

As proximas postagens testemunharei esse meu distanciamento de Deus, até chegar aos meus reencontros com ele.
                                                                     

Que Deus os Abençoe sempre.

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Deus Sempre é Porto Seguro

Quando para para olhar no passado, e ver a vida como era, e analisar cada fato cada acontecimento é inevitavél pensar que nada acontece por acaso. E o simples fato de não entendermos, não significa que não exista um palno maior de Deus para cada situação, por mais simples e corriqueira que possa parecer.

Como já viram nos testemunhos anteriores, nunca fui uma criança muito saudavél, e me sentia muito solitario, embora tivesse uma boa familia. Ma em uma familia naquela epoca sendo o filho de meio, tinha menores atenções e afinal vivia tendo problemas de saúde, e sendo timido e retraido, acaba não estando nunca no centro das atenções.

Precisava falar, conversar, questionar, tinha uma sede de conhecimento que só aumentava, aos 7 anos lia de tudo, jornal, revistas, bula de remedio e até rotulos de embalagens era compulsivo a coisa.
E estava dificil, me lembro em pedir muito e conversar muito com Deus, queria alguem que me ouvisse queria carinho, sei que é estranho, mas faltava algo.
Chegava a me esconder um dia inteiro no meio de um  matagal no fundo de casa, para ver se alguem sentiria falta.

Um belo dia meu pai ganhou um filhote de cachorro em uma rifa de Igreja, e deu de presente para o meu irmão caçula, mas eu dei o nome de Huste para ele em homenagem ao menino dono do Rim-Tim-Tim de uma serie de TV daqules anos.

Encontrava ali meu primeiro melhor amigo,parceiro amigo, ficava horas me escutando, ia onde eu ia lambia meu rosto.
Iamos para o meio do mato "caçar" e ele sempre ao meu lado literalmente o melhor amigo, lembro-me de 3 patinhos que nosso vô nos deu, um cão do mato pegou um deles e sumiu mata a dentro, fomos atras nós 2  quando o Huste pegou o cheiro disparou até ele fazendo o cachorro sumir, e trouxe o patinho morto na boca e me entregou, fazendo uma cara de decepção, aquela tarde não brincamos, só ficamos perto do rio parados e olhando a correnteza.

E agora ja não conseguia ficar escondido sozinho, pois ele sempre me achava e fazia companhia. Certa vez eu ja devia ter uns 10 ou 11 anos, estavamos no quintal brincando e um Doberman do vizinho fugio e partia para nos atacar, o Huste arrancou uma barra ferro que predia a corrente dele que ficava um metro e meio abaixo da terra, postou-se entre nós e o doberman.
Por alguns interminaveis momentos os dois se estudaram até que o domerman avançou e tomou uma surra monumental. Com a fuga do Donerman o Huste veio até mim latiu 2 vezes e se apoiou nas minhas pernas, estava bem machucado.

Hoje acho que Deus colocou esse amigo no meu caminho, para me ensinar o valor da amizade da dedicação e a suportar as perdas.

Aos meus 14 ou 15 anos, ele teve uma doença no cerebro, fizemos de tudo, mas segundo o veterinario nada mais podia resolver. Ele ja estava quase cego, e ja não corria ou brincava, apenas cheirava-me e apoiava a cabeça em meu colo. Um dia cheguei do colegio e meu pai tirava o Huste morto de dentro do carro, colocou-o em um carrinho de mão, me entregou uma pá e disse para ir até um terreno abandonado e enterra-lo. Antes que eu pudesse dizer algo meu pai ja me alertou, que homem não chora, e que o Huste não sofreria mais.

Anos mais tarde meu pai me contou que levou o Huste à um veterinario que aplicou uma injeção para que ele morresse sem sofrer.

Tudo tem seu tempo, e devemos aceitar e esperar sempre em Deus !

Fiquem na Paz do Senhor

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Aprendizado è Constante e não há Obstaculo Grande Demais

Sabe as sequelas daquela enchada permanecem até hoje, na forma de uma dor de cabeça insupotavél quase que diaria, passou a fazer parte da minha vida. Mas tudo bem , como ja havia dito, foi um preço pequeno pela reunião da familia.

Pouco tempo depois, começei a levar muitos tombos, correndo, andando simplesmente tropeçava nos proprios pés. A preocupação dos meus pais foi instantanea estragou a cabeça desse menino, vamos levar no médico, e apos muitos exames os medico decidiaram que eu tinha um problema ortopédico e que deveria usar uma bota Ortopédica por alguns anos.

Fala serio né ! Eu iria começar em 3 meses no colegio na 1ª serie, e todos sabem que ninguem pode ser mais cruel do que crianças da 1ª serie.
Sonha que eu iria usar uma coisa dessa né, nem pensar, fui rezando de casa até a clinica do medico, quando chegamos no edificio da clinica ouvi minha mãe dizer que era no sexto andar, tinha elevador, mas a escada era larga e formava um caracol. Pedido irresistivel para uma criança de 7 anos, disse para mãe, vamos de escada bastou ela aceitar para que eu saisse em disparada subindo os degraus sem parar nem um segundo até ver a placa de 6º Andar.

Mais uma vez Deus me atendeu, o médico disse que houve uma correção "Natural" da estrutura ossea, mas que deveria por garantia usar uma botinha mais basica para manter e melhorar o quadro.
                                                              
Aí até podia usar, pelo menos até a vespera do inicio das aulas, mas na verdade usei menos de um mes, afinal não dava para jogar bola com esse troço que pesava uma tonelada cada.
Coloquei ironicamente a palavra natural entre Aspas, porque sempre que os médicos não conseguem explicar uma cura, é o organismo se recuperou de forma natural. mas pense bem eu teria que usar aquela armadura por anos segundo os medicos, para corrigir meus passos (diziam que eu tunha passo de pato) e derrepente do nada eu paro de cair, o que teve de natural nisso.

Acredite no Deus que nos criou e nos ama, dedique a ele suas preces, peça sem medo, sem receio, peça de coração ele te ouve e te atenderá.
Mas tenha paciencia, ele tem o tempo dele.

Bençãos neste Domingo a todos ! E até amanha

sábado, 26 de fevereiro de 2011

DEUS OUVE E ATENDE NOSSAS PRECES

Após sobreviver a meses de internação naquele hospital, graças a Deus, vim crescendo saudavel e cheio de sonhos. Conta minha mãe que aos 4 anos subia nas cadeiras da sala e gritava que seria presidente dos Estados Unidos da América( já sonhava alto). Mas foi uma época confusa, meus pais se separaram e fomos eu e minha irmã masi velha morar com nossa mãe na casa de nosso vô.
Eu não conseguia entender porque não tinha mais meu pai e os meninos vizinhos, teimavam em me provocar e mexer comigo dizendo que não tinha pai. mas foi nessa época que adquiri a imagem de meus herois de infancia em especial o Tio Celso e o Tio Helio. O tio celso era o amigão de conversar, dar presentes e fazer todas as vontades, já o tio helio era o heroi propriamente dito, misterioso, forte, praticante de artes marciais.
Mais tarde vim a saber que meu pai ficava escondido proximo da casa de meus avos para me ver jogando bola e descendo a rua com carrinho de rolimã, porque meus tios proibiram ele de procuar a mãe.

Não posso dizer que não tenha sido feliz, nessa época, mas havia a falta do pai que dilacerava o coração e era sempre motivo de zombaria dos amigos.
Aos 6 anos comecei a pedir à Deus para trazer meu pai de volta, e é certo que tudo que pedires vos será concedido, e Deus ouviu minha preces, mas teria que acontecer algo para junta-los novamente, algo que fizesse os 2 terem um objetivo comum.

Eramos um pequeno grupo de 7 amigos da mesma rua, que passavamos o dia juntos, assistimos um filme (preto e Branco, e nessas lembranças que vejo o qaunto estou velho) chamado a invasão das Formigas Gigantes. E é claro que assim que acabou o filme nos reunimos em frenta há uma das casas e decidimos encontrar um ninho dessas formigas gigantes para elimina-las.
Após muita discursão alguem lembrou de um terreno baldio que ficava a algumas quadras, pegamos enchadas e pás e la foi nosso esquadrão para o combate. Cavamos muito e a concentração inicial ja se tornava tédio por não encontrar nem um filhotinho de formiga.

Foi com essa distração que acabei genialmente colocando a cabeça dentro do buraco para espiar, foi doloroso sentir a enchada abrindo minha cabeça com o impacto certeiro fazendo o sangue jorrar e escorrer por meu rosto. Lembro-me do despero e da reação rapida de meus amigos saindo em disparada cada um para sua casa.

Sem muito controle, minha reação foi voltar á casa de meu vô, corri até lá, e acabei desmaiando bem no portão, no exato momento que minha mãe chegava em casa do trabalho.  Foi aquele desespero, ainda escuto meu vô dizendo que havia avisado para não pular mais o portão e que iraia arrancar aquela escada de pedra( senti um alivio ja tinha uma versão do acidente sem prejudicar meus corajosos amigos).

Me lembro de ir alguem nos levar de carro ao hospital, por incrivel que pareça chegando lá meu pai ja nos agurdava no hospital e é claro eu não derramava nenhuma lagrima nem demosntrava dor afinal era homem (meu pai me ensinará isso).
Desmaiei novamente e quando acordei uma enfermeira raspava minha cabeça, enquanto outra tentava secar o sangue e o médico mexia numa agulha que me parecia grande demais.
Permaneci em silencio o tempo todo e minha mãe dizia pode chorar filho fala alguma coisa, mas queria apenas manter a dor longe e a pose de valente intacta.
Achavam que eu estava desmaiado e o médico continuava com os procedimentos, quando minha mãe disse que se eu falasse eu ganharia um Falcom , boneco sensação da época, aí eu ergui a cabeça e disse baixinho "ta bom, voce viu o pai ta aqui".
Eles conversaram depois de muito tempo pela primeira vez, e minha mãe impos a condição de que queria uma boa casa para a familia aí poderia haver reconciliação e pai teria que deixar de ser mulherengo.
poucos meses depois ele veio nos buscar para nossa nova casa. Já eramos 3 filhos então e a familia ia muito bem.
Muito tempo mais tarde comecei a entender que Deus nos atende todos os pedidos, mas no seu tempo e seguindo designios que as vezes não entendemos. Então essa cicatriz e pequeno aprofundamento do cranio não é nada comparado a reconciliação de uma familia. E tambem o cabelo tampa bem só não posso vir a ser careca.

Até amanha Abençoados !

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

A primeira vez que Deus colocou sua Mão

Nasci saudável uma linda Criança (ta bom é o que diziam) era bem rechonchudo. Aos 6 meses de idade deixei de mamar, e comecei a chorar dia e noite, e a emagrecer de forma absurda e .meus pais tinham menos de 18 anos cada.
No hospital os médicos já não sabiam mais o que examinar, até que se forçaram a me internar, foram mais alguns meses de sofrimento para meus entes queridos.
Segundo relatos de minha mãe, chegou ao ponto de as enfermeiras não terem mais veias nos braços e pernas para aplicar soro, e passaram a aplicar na cabeça(não sei ao certo se não foi exagero dela ).
Meu pai praticamente um adolescente, via seu 1º filho homem, estar a beira de um tumulo e isso não devia ser fácil para eles até mesmo pela falta de experiencia de vida para essa situação.
Em um final de tarde o medico procura minha jovem mãe e diz que deveriam providenciar as coisas, porque daquela noite eu não passaria. Minha mãe procurou meu pai(naquela época ainda não existia celular) e ele ao saber do relato medico ficou desesperado.
Em um estado abrupto de desorientação invadiu o hospital, me tirou os soros e arrancando-me do berço, disse que se eu fosse morrer iria ser em casa com a família.
E fui levado para nossa casa e para surpresa de todos naquela noite depois de meses, procurei o seio de minha mãe e comecei a mamar novamente.
Não tenho duvida, de que, naquela ação de meu pai, Deus estava agindo por meio dele e me salvando pela 1ª vez.

O Inicio

Esperei e relutei muitas vezes em dar TESTEMUNHO sobre minha vida, hoje tomei a decisão e apartir de agora irei contar um pouco da minha vida relatando as inumeras vezes em que Deus segurou em minha mão.
Iremos falar dos altos e baixos, geralmente os baixos que estava afastado dele, e altos quando aceitava suas bençãos.